Por que os conservadores brasileiros não criticam a maçonaria?

Certa vez levei um block de 30 dias no Facebook (no perfil pessoal e na página), por ter exposto uma certa galera aí que tá por trás da maçonaria e que criou uma ideologia usando uma certa doutrina como escudo, eles são ateus políticos, banqueiros e corporativistas, mas agem como se pertencessem a uma determinada doutrina que eu não vou mencionar qual é, até por que já estou arriscando demais simplesmente tocando no assunto na rede social mais comunista do mundo (eu ia postar isso no Facebook, mas mudei de ideia), mesmo que fazendo isso indiretamente.

O senhores Paulo Kogos e Allan Dos Santos, ambos autointitulados católicos, bem que poderiam escrever sobre essa galera, nem que façam isso lá na rede social Minds (já que lá não tem censura), ou no medium, ou no telegram.

O mínimo que eles poderiam fazer era falar contra a maçonaria. Ah é, o Paulo Kogos já falou sobre a maçonaria... É verdade, mas por que ele também não fala agora que é o momento oportuno? Por que ele diz que o Bolsonaro está defendendo a liberdade, mas ele nem menciona agora que o Bolsonaro é maçom?

É sabido que a maçonaria é inimiga secular da Igreja Católica, tendo usado até Lutero como massa de manobra pra enfraquecer a igreja.

O Kogos vem defendendo Bolsonaro agora, mas não menciona o envolvimento do Bolsonaro com a maçonaria e com o clube Bildergerd, e se esquece que ele mesmo já falou que a maçonaria financiou a república e que o Dom Pedro II era maçom. Aqui:



Não, a maçonaria não financiou a república, a maçonaria CRIOU a república, não apenas criou a república, como também derrubou todas as monarquias absolutistas do mundo, portanto, os países que quiserem permanecer como monarquias tiveram de aceitar a democracia moderna como parte de seu sistema, assim se tornando monarquias parlamentaristas, mas não para por aí, sendo isso parte do processo subversivo cultural, o sistema parlamentarista das monarquias é apenas a transição, daquilo que resta de cultura no país, para o sistema republicano/parlamentarista pleno.

O positivismo é a ideologia que veio para substituir o cristianismo que antes só era forte no ocidente por causa das monarquias absolutistas, já que cada cultura era verdadeiramente soberana, não era um mundo globalizado como o é hoje.

Se o libertarianismo por si só funcionasse, muita gente não se tornaria ANCAP. Anarcocapitalismo é a respeito da descentralização de poder, já o libertarianismo abre brechas para o positivismo. Por isso é perfeitamente possível ser anarcocapitalista e ainda defender uma moral religiosa, enquanto que o libertarianismo a cada dia vem se mostrado ser algo cada vez mais próximo de uma ideologia geradora de ateus.

Apenas o cristianismo é capaz de (culturalmente e moralmente) bater de frente com a maçonaria, assim possibilitando que sejamos capazes de reduzir o tamanho do Estado, do contrário, podem berrar à vontade, podem dizer que imposto é roubo, que o Estado é criminoso, ninguém que esteja no topo da pirâmide liga, sabe por quê? Por que a maior parte daqueles que se esbravejam contra o Estado estão desorganizados, estão mais preocupados em atacar uns aos outros quando surgem temas como aborto e espiritualidade, do que em se unirem como seres humanos, como verdadeiros indivíduos preocupados em preservarem uma cultura que funcione contra o Estado. Não se vê, por exemplo, um verdadeiro secessionismo no Brasil, pois tudo o que está relacionado a secessão no Brasil trate-se de movimentos políticos coletivistas. O sul é meu país? Se o sul é o seu país, viva isso na prática, junte-se com a sua comunidade e desobedeça o Estado, se armem com fuzis AR-15, coletes à prova de balas e digam abertamente "Nós estamos defendendo a secessão da nossa cidade, nosso lema é 'Viver livre ou morrer pela liberdade' ", mas não, ao invés disso vão lá pedir permissão para o Estado, pra poderem portar armas, pra poderem se manifestar em público. Pedem permissão para não serem assaltados.


A pessoa quer ser ateísta, Ok, direito dela, mas nunca que o ateísmo será capaz de bater de frente com o sistema positivista, até por que o ateísmo é uma ferramenta do sistema positivista, e a maior prova disso é que os cristãos são os religiosos mais perseguidos do mundo, perseguidos, ridicularizados, humilhados, atacados. Enquanto que um outro determinado grupo religioso não aguenta uma piada e já ta chorando te dando block, e um outro até ameaça cortar a sua cabeça.

Um católico defendendo um maçom, que ainda é o político chefe da máfia Estatal, é algo no mínimo duvidoso.

Fontes:
- Twittada do Allan dos Santos sobre ele ser católico: https://twitter.com/allantercalivre/status/1156283177671057409
- Paulo Kogos fala da maçonaria: https://www.youtube.com/watch?v=E6NxUM8Ax7k
- Bolsonaro na maçonaria: https://www.youtube.com/watch?v=zV-037EEqbU
- BOLSONARO FOI PEDIR BENÇÃO NO CLUBE DE BILDERBERG DA NOVA ORDEM MUNDIAL ANTES DE SER PRESIDENTE PQ? https://www.youtube.com/watch?v=nC6TQ7ThqZU

0 comments: