Este artigo é uma resposta ao vídeo "Loryel Rocha, o bruxo do Instituto Mukajuba", do canal
conde loppeux https://youtu.be/5cOi2MLZY3U

E por Deus, eu nunca imaginei que iria falar sobre esse idiota algum dia.

Sim, reservo-me no direito de iniciar com uma ofensa, por que isso é algo que ele fez durante o vídeo inteiro, e por que conheço esse cara desde a época em que Olavo de Carvalho era levado a sério, esse é só mais um da Direita Ad Hominem.

Começando:
O erro principal está em achar que a Igreja Católica tem o direito de chamar alguém de herege. A verdadeira espiritualidade vem de dentro, a igreja nada mais é do que uma instituição política que venceu a briga contra os cristãos gnósticos, mas foi "castigada por Deus" logo em seguida, perdendo espaço para a maçonaria, após ter sido desmantelada pelo protestantismo financiado pelos maçons. Há coisas boas na Igreja, mas os católicos dizerem que ela é a única religião, chamar os outros de hereges, perseguir pessoas em nome de um legalismo tosco, e o pior, dizer que a igreja é o corpo de cristo e que só há salvação nela, dentre outros, foram as principais causas da queda de uma instituição que já nasceu pra cair. A igreja católica nunca irá se reerguer enquanto instituição política.

Qualquer indivíduo ou instituição que transforma esoterismo em política tem um fim trágico, exemplo disso foram os protestantes, que hoje possuem mais de 30 mil denominações e ninguém (além dos iludidos que os seguem) os leva a sério mais, outro exemplo foi Hitler, que criou o nazismo misturando esoterismo com política até não dar mais.

Se alguém quiser entrar em um caminho espiritual verdadeiro, e quiser alguma informação pra poder facilitar a evolução, sugiro entrar na "The New Thought Library" e começar a ler por lá, mas se você não souber inglês ou isso for uma informação muito, por assim dizer, pesada pra você, então comece pelo livro "O Poder do Subconsciente", Dr. Doseph Murphy, depois você pode ir para a filosofia oriental, como a filosofia do Osho, o Budismo, o Yoga, até mesmo o taoísmo, lembrando que tudo isso é pra facilitar sua evolução, por que de fato você está sozinho nessa. Depois disso, estude o cristianismo esotérico. Não vá pela cabeça desses arrogantes, o autor do vídeo demonstra claramente ser uma pessoa que sequer segue os ensinamentos de Cristo.

Uma recomendação de artigo para leitura: Texto 1 - EGO, O FALSO CENTRO

Alguém por acaso já viu Cristo falando em tom de deboche? Cristo quando ia expor verdades a respeito de pessoas desonestas, ele debochava dessas pessoas? Pior, ele defendia um templo de pedra? Defendia uma hierarquia de gente querendo mandar na sua vida? Falácias no vídeo: Falácia de apelo à autoridade, falácia de ad hominen, falácia de non sequitur. Eu mesmo não sou 100% concordante com o Loryel Rocha, mas consigo reconhecer que os seguidores dele possuem o mínimo de bom senso e estão destruindo esse sofista nos comentários.

O vídeo é basicamente um pseudo-católico, uma pessoa que apenas lê, mas não pratica os ensinamentos católicos, que muito provavelmente nem o celibato vive, devido ao linguajar e total falta de respeito até mesmo para com aqueles que o seguem. E perto do final ainda diz que o Loryel defende a maçonaria, onde??? O próprio Loryel vive fazendo vídeo atacando a maçonaria, mas espera, o sujeito diz que nunca viu um vídeo do Loryel, então a crítica está vindo de onde? Ué.

Então a igreja nunca vai cair? Horas, podemos utilizar essa mesma lógica para o nazismo. Quem disse que o nazismo caiu? Mesmo hoje existem inúmeros nazistas ao redor do mundo, levando o nazismo a sério. O mesmo pode ser dito sobre o feminismo, sobre o protestantismo, sobre vários ismos, uma coisa é o negócio ter seguidores e adeptos, outra coisa é o negócio ser uma estrutura de poder.

Cadê a igreja católica hoje enquanto estrutura de poder? Caiu. caiu e não e volta mais, acabou, só aceita.

"A Igreja católica não vai cair", meu filho, a Igreja já nasceu caída. Os ensinamentos oferecidos por Cristo são descentralizados e atemporais, assim como toda forma de esoterismo, e quem quer que os transforme em uma estrutura de controle mental pelo medo (política) está fadado à destruição. Eu quero ver os nazistas hoje conseguirem mobilizar uma nação inteira e fazerem outra guerra mundial, não conseguem, sabe por que não conseguem? Por que a informação hoje é barata, descentralizada e distribuída. É lógica básica de mercado, intervencionismo não funciona, o que é ainda pior quando tal intervencionismo é transformado em religião ou seita. Sem contar que os mais informados sabem que os nazistas foram financiados.

Eu também ficaria feliz em ver refutações legítimas à tese de que o Brasil não foi colônia, por que o Brasil como ele é é um total fracasso, me admira muito que o Brasil seja legítimo e ainda assim o império e a república tenham fracassado miseravelmente, sendo que só na república já se foram 3 intervenções militares e tem mais uma a caminho.

Não quero que isso soe como Ad Hominen ou apelo à autoridade, mas o indivíduo é uma pessoa de classe média que mora no Brasil, mas ainda assim se considera um conde, a arrogância já começa por aí.

Também o que me impressionante é a montagem com extra-terrestres que é apresentada ao final do vídeo. Isso é apenas mais um exemplo de que nunca chegou a assistir a um único vídeo do homem. O Loryel Rocha deixa claro o que ele considera por extra-terrestres, ele não diz extra-terrestres como seres que vieram de outros planetas, o que ele denomina por extra-terrestres são entidades demoníacas, logo, não são seres que vieram de outros planetas, são seres que vieram de outras dimensão, na concepção dele. Não tem muito o que falar, basicamente o vídeo é de alguém que age de forma muito parecida com o Olavo de Carvalho, não respeita ninguém e ainda quer ser levado à sério. Sinceramente, quem liga para os aforismos da sua preciosa Igreja Católica em pleno século XXI?

De qualquer forma, devo deixar claro que consigo compreender que a Igreja Católica possui um lado bom, entretanto, é de um total delírio, e arrogância, todo esse fanatismo legalista ao redor de uma instituição que se autointitula a única religião, como se ela fosse o único caminho até Deus, não é à toa que qualquer um que não faz o que ela prega é considerado um herege, tendo havido no passado até pessoas que foram perseguidas e mortas em nome do legalismo dela. "Ai, mais a inquisição é uma farsa", a gente conhece uma árvore pelos frutos, veja a arrogância de pseudo-católicos como Conde Loppeux e Paulo Kogos, que se dizem conhecedores da doutrina católica, o que esses sujeitos fariam se eles tivessem poder em mãos? Imagine que hoje a Igreja se torne uma estrutura de poder novamente, e esses sujeitos possuem uma posição onde a eles é dada a permissão até de matar em nome do legalismo católico, será que eles não matariam? O fanatismo e arrogância deles já são um sinal de que boas pessoas eles não são.


Resolvi fazer o meu dever de casa e pude chegar à conclusão de que consumir ovos orgânicos cozidos, em minha opinião, tem um custo benefício muito maior do que consumir o suplemento Ômega 3 da Top Therm. Veja só:

1* "De acordo com a base de dados de nutrientes do Departamento de Agricultura dos EUA, um ovo médio contém cerca de 2 mg de EPA e 16 mg de DHA. Tal fornece aos ovolactovegetarianos quantidades muito reduzidas de EPA e DHA." Observe que isso é um ovo médio não orgânico.

2* De acordo com o Dr Victor Sorrentino em seu blog: "O ovo orgânico ou caipira, chega a ter de 10 a 20 vezes mais ômega 3 do que o não orgânico!"

Se um ovo orgânico (ovo caipira) chega a ter de 10 a 20 vezes mais ômega 3 do que o não orgânico, logo, 18mg x 10 = 180mg, 18mg x 20 = 360 mg

3* De acordo com a informação nutricional do Ômega 3 da Top Therm:

"Duas cápsulas de ômega 3 da Top Therm tem:
EPA (ác. eicosapentanóico) 360mg
DHA (ác. docosahexanóico) 240mg"

O que dá 600mg de ômega 3.

4* De que acordo com um estudo da pubvet intitulado Enriquecimento com ácidos graxos da série ômega 3 em carne de aves e ovos:
"Em média, um ovo enriquecido com ômega 3 contém cerca de 0.34 gramas de ácido alfa linoleico e 0.13 gramas de EPA + DHA, um total de cerca de 0.5 (500mg) gramas de ômega 3
Fonte: Modificado de Morris, 2003."

5* De acordo com o site Healthline:
Um adulto saudável precisa de no mínimo 250–500 mg de ômega 3 (EPA + DHA) por dia.

6* Mas e quanto ao colesterol, quantos ovos cozidos você pode comer por dia?
De acordo com um estudo divulgado pelo New England Journal of Medicine, um homem 88 de anos consumia 25 ovos diariamente e ainda conseguia manter bons níveis de colesterol.

Devo deixar claro que todo este artigo que estou escrevendo refere-se apenas ao consumo de ovos cozidos. Ovos fritos, dependendo de como são preparados, podem sim aumentar o colesterol LDL (o colesterol considerado ruim), mas isso não é culpa do alimento e sim do tipo de óleo utilizado para preparar o alimento, por exemplo, óleo de soja é um tipo de gordura hidrogenada e contribui, e muito, para o aumento de colesterol LDL, não apenas quando é utilizado para preparar ovos, mas também outros alimentos como carnes. "Reduz o colesterol bom e aumenta o ruim: a gordura trans aumenta o LDL (colesterol ruim) devido à supressão das atividades de seu receptor no fígado. Isto faz com que o LDL continue circulando no organismo, além de elevar o risco da doença arterial coronariana pelo depósito do colesterol na parede do vaso sanguíneo. 6.1* “Estudos científicos citam que após os 20 anos de idade, o receptor de LDL já diminui sua eficiência, assim como em mulheres no período pós-menopausa. O colesterol HDL, conhecido como o bom colesterol, porque auxilia na remoção das moléculas de colesterol dos vasos sanguíneos, é reduzido com a ingestão da gordura trans”, esclarece o cardiologista."
Mas se a sua pergunta persiste "Será que realmente não devo me preocupar com o aumento do colesterol?", tudo bem, veja: 6.2* " Além de não encontrarem um maior risco de derrames com um maior consumo de ovos, os pesquisadores não encontraram associação significativa entre ovos e pressão sanguínea elevada. Aliás, os pesquisadores apontaram duas meta-análises, analisando as populações Chinesa e Sueca, que encontraram um substancial menor risco (-9%) de derrame hemorrágico com um maior consumo de ovos (>1 ovo/dia)."

7* Também de acordo com o médico Lair Ribeiro, fora todos os benefícios que ele cita que o ovo possui, ele afirma comer em média 6 ovos diariamente e o colesterol (LDL) ainda baixa.

8* Por que no título está dizendo que o ovo é o alimento dos deuses?
Citando:

OVO – INGERIR OU NÃO INGERIR?

Simbolicamente, o ovo tem múltiplos significados – renascimento, fertilidade, universalidade, criação da vida, sorte, felicidade. Mas é na alimentação que o ovo concentra seu maior benefício, com nutrientes capazes de promover saúde e qualidade de vida. O interesse da culinária por essa iguaria remonta há aproximadamente 3.200 a.C., período associado ao início da domesticação das galinhas. Com o passar dos anos, conquistou su- cesso nos banquetes da era Mesopotâmica, ganhando várias versões de preparo, graças à sua versatilidade. Especificamente nas Américas, a constatação é de que as aves domésticas foram trazidas ao continente na segunda viagem de Cristovão Colombo, em 1493. Os primeiros galináceos – pertencentes a linhagens da Ásia – seriam, portanto, parentes das galinhas poedeiras atuais. Durante as décadas de 1920 e 1930, os ovos eram produzidos em quintais, sendo, muitas vezes, vendidos por fazendeiros a mercados locais, com o objetivo de suprir as necessidades de suas famílias. Rentável, a comercialização de ovos gerou construções de galpões, capazes de abrigar lotes com até 400 galinhas. Na década de 1960, avanços tecnológicos e novos equipamentos permitiram que as pequenas fazendas passassem a produzir em larga escala, aumentando, consequentemente, sua ingestão. Na mesma época em que consumo de ovos se popularizava, despontavam estudos científicos sobre os riscos do colesterol para a saúde. Consolidado nas refeições – por agregar valor nutritivo, custo acessível e disponibilidade no mercado, o ovo repentinamente foi colocado na lista dos grandes vilões da dieta, após campanha da American Heart Association (AHA), a partir de 1968. Nos últimos anos, porém, o ovo tem recuperado seu antigo status, com a divulgação de novos dados científicos, desmitificando a crença de que provoca aumento do colesterol. Ao contrário da imagem de alimento prejudicial, o ovo hoje pode e deve ser consumido, pois, além de rico em macro e micronutrientes, promove – entre outros benefícios – saciedade, fator importante no gerenciamento do peso corporal e das doenças correlacionadas. Esta revisão, portanto, tem por objetivo apresentar os benefícios da ingestão do ovo – apoiada na revisão literária dos melhores artigos científicos disponíveis sobre o tema –, desmitificando preconceitos e destacando suas inúmeras contribuições para a saúde humana.

Conclusão: A meu ver, o consumo de ovos orgânicos cozidos (Principalmente se forem os enriquecidos) não apenas pode substituir o Ômega 3 da Top Therm pelo fato do suplemento da Top Therm ter apenas 600mg de ômega 3 por duas cápsulas, a um preço que também a meu ver é salgado, atualmente o Ômega 3 Low Reflux - 01 Frasco com 60 Cápsulas custa R$160,55 (https://www.toptherm.com.br/low-reflux-omega-3-01-frasco-60-caps/p?idsku=27), como também é uma excelente fonte nutricional para se acrescentar à sua dieta, visto que o ovo tem todos os nutrientes que a vida precisa. Pense em quantos ovos orgânicos você consegue comprar com R$160,55. lol

Eu espero que este artigo tenha sido de utilidade para alguém. Quem sabe na próxima eu escreva um artigo sobre o quanto as pessoas desperdiçam dinheiro num certo suplemento cujo nome começa com W e termina com Protein, feito à base do soro do leite, sabe o que é o soro do leite? É aquela parte do leite que tiram pra jogar fora. Dependendo da repercussão do artigo sobre o ovo, pode ser que eu escreva um artigo sobre o suplemento que pessoas poderiam utilizar o investimento dele até pra fazer a feira do mês.

Obrigado pela leitura, as fontes estão logo abaixo e vê se deixa um comentário aí. ;)

Até a próxima.



Fontes:

1* https://www.mudaomundo.org/nutricao/omega-3/recomendacoes

2* https://drvictorsorrentino.com.br/ovo-um-alimento-completo/

3* https://www.toptherm.com.br/low-reflux-omega-3-01-frasco-60-caps/p?idsku=27

4* http://pubvet.com.br/uploads/40208bd6c51800b3a62e95f2280b0526.pdf

5* https://www.healthline.com/nutrition/how-much-omega-3#general-guidelines

6* https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJM199103283241306

6.1* https://www.hcor.com.br/imprensa/noticias/cardiologista-do-hcor-alerta-gordura-trans-aumenta-o-risco-de-infarto-e-avc/#:~:text=Reduz%20o%20colesterol%20bom%20e,na%20parede%20do%20vaso%20sanguíneo.

6.2* https://www.saberatualizado.com.br/2015/07/comer-ovos-aumenta-o-colesterol.html

7* https://youtu.be/GYv7GQrc-BE

8* https://lairribeiro.com.br/ovo-ingerir-ou-nao-ingerir/

E aqui vão mais 37 referências científicas a respeito do ovo, para você se aprofundar no assunto:

  1. http://agris.fao.org/agris-search/search.do?recordID=KR2015002850
  2.  http://www.nature.com/ejcn/journal/v68/n8/abs/ejcn2014107a.html
  3. http://link.springer.com/article/10.1007/s11745-013-3780-8
  4.  http://journals.cambridge.org/action/displayAbstract?fromPage=online&aid=10010758&fileId=S0007114515003190
  5. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S096399691300690X
  6.  http://ajcn.nutrition.org/content/early/2013/05/15/ajcn.112.051318.short
  7.  http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0899900713002116
  8. http://www.omicsonline.org/open-access/bad-cholesterol-or-bad-science-2161-0444-1000321.pdf 
  9. http://www.mdpi.com/2072-6643/2/2/116/htm
  10. http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/summary?doi=10.1.1.334.1416
  11. http://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJM199103283241306
  12. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/7868978
  13. http://journals.cambridge.org/action/displayAbstract?fromPage=online&aid=8297185&fileId=S0007114511000237 
  14. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2782876/
  15. http://health.gov/dietaryguidelines/2015-scientific-report/PDFs/Scientific-Report-of-the-2015-Dietary-Guidelines-Advisory-Committee.pdf
  16. http://ajcn.nutrition.org/content/103/3/895.short
  17. http://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2012/fo/c2fo30154g#!divAbstract
  18. https://dash.harvard.edu/handle/1/23205173
  19. http://www.mdpi.com/2072-6643/7/9/5344/htm
  20. http://www.lenus.ie/hse/bitstream/10147/599221/1/Art1.pdf
  21. https://eurekalert.org/pub_releases/2018-05/b-dec051718.php
  22. https://www.npjournal.org/article/S1555-4155(11)00098-5/fulltext
  23. https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/mnfr.201700689
  24. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27739004
  25. https://www.mdpi.com/2072-6643/10/6/780
  26. https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/mnfr.201700689
  27. https://academic.oup.com/ajcn/article-abstract/109/1/7/5266898
  28. https://www.mdpi.com/2072-6643/10/4/426
  29. https://jamanetwork.com/journals/jama/article-abstract/2728487 
  30. https://jamanetwork.com/journals/jama/article-abstract/2728465
  31. https://www.bmj.com/content/364/bmj.l1214
  32. https://www.nature.com/articles/s41467-018-06931-6
  33. https://academic.oup.com/ajcn/advance-article-abstract/doi/10.1093/ajcn/nqz066/5490306
  34. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29111915
  35. https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1559827619892198
  36. https://academic.oup.com/ajcn/advance-article-abstract/doi/10.1093/ajcn/nqz348/5713417
  37. https://link.springer.com/article/10.1007/s11427-020-1656-8


 I asked a monk if with Buddhism I could heal ADHD, he told me that nothing is going to get healed by focusing on the healing, because what I was implying was that there was a desire to be healed. From what I could understand in his words, we have to stop giving power to labels and start seeing things for what they are, for example, someone may say he's clinically depressed, then he becomes clinically depressed, why?


Because he's making sure that he is clinically depressed, he's constantly repeating it. This literally made me remember of the law of attraction, something that I thought that Buddhism didn't have anything to do with it, but in the end it seems to me that it does... Well, actually everything has to do with the law of attraction, and Buddhism wouldn't be an exception, what I referred by "I didn't think Buddhism has something to do with the law of attraction" was the fact that Buddhism isn't treated as a spiritualistic philosophy, it is treated as a science.

Back to the subject: The solution lies into seeing things for what they actually are, with clarity. If we're overthinking we can say to ourselves "THINKING Thinking thinking thinkin...." (Starts a bit loud and ends up a bit low), same goes for being anxious (ANXIOUS, Anxious, anxious.....), until our mind gets calm, it seems to me that what he said is that we have to accept how we are in the moment and then let go, this way we can improve, and I can attest part of this, as I've been practicing vipassana meditation for a while, my focus today is not perfect, but compared to what it used to be it surely increased.

Also, I could find out that other problems that I had, and some that I still have, aren't/were not related to "ADHD", what only made attest more than I already had that ADHD is only a label created to keep people ill in their minds and sell drugs to them.

ADHD, as well as many other labels, are things created by a multimillionaire industry that has no interest whatsoever into helping people to get rid of their suffering, all they care about is to keep people in fear to extract the most (their money) out of them.

It seems to me that the problem in my case is mostly about anxiety, fear of not being able to accomplish tasks within a certain time span (what I believe is a problem that comes from childhood), overthinking and even boredom, also some other things that I prefer not to say.

I believe that the monk meant that Buddhism can "heal" ADHD because what it does is solving the emotional problems, and if you're "ADHD" you may already know that every single person with "ADHD" has deep rooted emotional problems that first arose in childhood and were not properly addressed, or not addressed at all.

I also remember seeing/reading somewhere that ADHD is something that we invented in our lives to start escaping reality, since we have had really harsh problems every since the early life, so we created some type of safe haven inside our heads to serve us as a escape goat, it's like "This is something pretty hard to do, it's too painful, I'm going to do something else that makes me forget about this pain" or another example, someone that was emotionally abused ever since he or she was a kid, and that person didn't know how to deal with the problems, then... ADHD started to happen...

Anyway, going deep into ourselves is the solution to start fixing this annoyance that "specialists" call ADHD. Acceptance is the first step for a healing. First accept that you're attached to the idea that you created a problem in your life, then start to let it go, then go deeper and deeper into the meditation practice, you'll eventually find out the nature of your problems and how to solve them, yes, this is not just for ADHD.

The more you bring yourself to the present, to the moment happening now, the more your focus will increase, the less of an ADHD problem you'll have.

I also suggest you to raise your vibration with whatever tools that you have, you can pray for Jesus, you can use the power of the subconscious mind, you can use third eye meditation, do whatever you can to heal your emotional baggage, the more you go deeper, the more you'll start living in the now, the less distracted you'll be, the more you'll start accepting your new identity: which is completely free of an ADHD thing.

I hope this can be of help to someone else.


Este artigo é uma resposta ao vídeo "Conselho para um jovem estudante • Leandro Karnal":

De todas as pessoas do mundo para as quais esse menino poderia enviar uma carta, ele vai enviar logo para o Leandro Karnal. A pergunta é "Devo fazer filosofia ou história? Mas não me importo muito com dinheiro".
Se fosse eu respondendo:
Nem filosofia, nem história, primeiro por que filosofia não é algo que se aprenda em universidade, filosofia é um caminho individual, quer que o Estado te ensine a pensar? Sim? Quer acabar igual ao Leandro Karnal então? Entendedores entenderão.


Segundo por que a História é contada por quem venceu a guerra, ou seja, mais uma vez você vai deixar o Estado te educar, e hoje não é mais novidade pra ninguém que as matérias de humanas são as que possuem mais doutrinação estatal, entupidas de viés ideológico. Quer estudar história? Tenha um caráter investigativo, leia o que todos os lados tem a dizer, não apenas o que uma instituição vai te ensinar. Quer estudar filosofia? A mesma coisa de se estudar história.


Então o que você deve seguir como carreira? Qualquer tipo de profissão atemporal que não envolva contar mentiras (ou seja, nem pense em cursar ciências sociais) e que está sempre sendo exigida pelo mercado, exemplo: saber falar 2, 3, 4 idiomas além do português e do inglês vai te ajudar a arranjar trabalho em diversas áreas, saber mecânica, saber eletrônica, saber pintura, saber desenho, saber empreender, saber qualquer coisa que realmente seja necessária para melhorar as vidas das pessoas, ao invés de fazer algo simplesmente por um diploma e status, ao invés de fazer algo só pra usar um terno e ficar sentado numa cadeira pagando de intelectual, querendo ensinar os outros a viverem.


Quem já leu Pai Rico, Pai Pobre entende do que estou falando.
O Leandro Carnal do auge de sua arrogância ignorou o ponto central da pergunta e simplesmente mandou o garoto ouvir os pais dele e pensar em dinheiro, depois ainda ousou falar em inovação, mas usando a mesma mentalidade de 50 anos atrás e que perdura até hoje, a mentalidade de que hoje as pessoas preferem ouvir as autoridades do que ouvirem a razão, logo, estamos todos trancafiados em casa, nos lugares que podemos sair somos obrigados a usarmos máscaras como focinheiras.


Respeite seus pais, mas saiba que geralmente o máximo que nossos pais conhecem é a necessidade por estabilidade. Aprenda a questionar as coisas de forma investigativa, estude o mercado, estude praxeologia, estude sobre marketing e vendas, faça um teste de personalidade e um teste vocacional, busque aprender coisas novas sobre assuntos que você desconhece.

Faça assim e você conseguirá escolher uma carreira decente, mas pelo amor de Deus, chega de professores de filosofia e de professores de história, o mundo está precisando de pessoas que pensem por elas mesmas.
Com exceção dos liberteens, por que na primeira oportunidade eles correm pra defender político e na primeira oportunidade eles te atacam de forma irracional quando você discorda deles, tirando os liberteens, vou falar uma coisa pra vocês aqui: em minha opinião os libertários e os anarcocapitalistas são o grupo mais coerente, mais respeitoso, mais amadurecido, mais inteligente (emocionalmente inclusive) e mais consciente que existe na internet, e não apenas na internet, como também fora dela.
O que é estranho, pois quando eu fazia parte de grupos conservadores cristãos de direita o que eu mais via era gente desonesta, gente querendo prejudicar os outros, destruir a reputação dos outros, gente que não gostava de ajudar os outros, gente invejosa, gente que adorava pular a cerca, gente passivo-agressiva, mas também tinham aqueles que eram autoritários também, enfim, se consideravam cristãos conservadores, mas faziam Jesus se contorcer no "túmulo", e a maioria nem era cristã praticante. E eu não fazia parte apenas de grupos da internet não, já participei até de reuniões entre monarquistas parlamentaristas.

Agora o grupo mais preconceituoso, mas como eu não gosto de usar essa palavra, então vou usar a palavra correta: o grupo mais discriminatório que existe, o grupo mais agressivo, o grupo mais perigoso, o grupo mais psicopata, o grupo mais descontrolado, o menos inteligente, o mais animalesco, é justamente o grupo da lacração, e não me refiro apenas aos esquerdistas declarados, falo dos simpatizantes também. Tipo aqueles caras baladeiros que malham beijando os músculos na frente do espelho e depois ficam fazendo de tudo pra ganhar aprovação das "massas" no Instagram: os vendidos.
Digo isso por que gosto muito de malhar, antes da ditadura do lockdown eu passava horas na academia (levando o treino a sério) e via de tudo ali, inclusive tinha um sujeito que volta e meia "gritava" (falando alto) com os outros discutindo política e falando de Bolsonaro, já chegou a discutir comigo por que discordei da idolatria que ele estava fazendo pra cima do Drauzio Varella e demonização que estava fazendo pra cima do Lair Ribeiro.

Já o grupo mais perigoso do ponto de vista político são os liberais, pois eles disfarçam a loucura política deles com educação. O liberal é aquele cara que fala "Eu vou educadamente te explicar as políticas que usarei pra te matar com uma morte bem lenta, gradualista". Enquanto que pra entender o discurso marxista você precisa entender de dialética e falácias, para entender o discurso liberal, além de entender de dialética e falácias, é preciso também entender de praxeologia, pois esse grupo é o que mais "encanta" o gado, principalmente o gado empresarial. Você não vê como o Peter do ANCAP.MU leva tanta gente na conversa? Que tal o Rafael Lima? Você pensa que a pessoa está falando umas verdades, mas sempre tem um sofisma no meio da conversa.

Eu só vejo dois defeitos na comunidade libertária/ancap, é o vício em conteúdo adulto. Cara, isso acaba com o seu cérebro, causa depressão, síndrome do pânico e ainda te deixa sem energia pra fazer as coisas mais básicas do dia-a-dia, sai dessa. Veja este artigo: Como o vício em pornografia destrói seu cérebro e porque você deve consertá-lo IMEDIATAMENTE

Acredito também que os grupos libertários deveriam buscar criar uma moral pautada em valores espirituais, por que embora sejam pessoas boas, não costumam ser muito unidos. Como assim? São desorganizados. Veja bem, o que a direita e a esquerda tem de ponto positivo é que eles são unidos, principalmente a esquerda, pois quando eles querem combater algo, eles se juntam e vão pra cima. Não estou elogiando a causa e sim o ato. Os libertários e os ANCAPS deveriam arranjar uma forma de se unirem para defenderem o direito de propriedade, mas sem coletivismo, sem criarem grupos políticos, sem criarem movimentos.

Deixa eu dar um exemplo, suponhamos que numa comunidade vivam 3000 pessoas, de repente agentes do Estado começam a encher o saco por lá, os locais então se reúnem, se armam e botam os agressores pra correrem, isso existe nos Estados Unidos, mas no Brasil raramente se vê isso. Sabe por que isso existe nos EUA, mas no Brasil isso é raro? Por causa de valores cristãos protestantes. Não, eu não estou elogiando o protestantismo. Embora não goste de rótulos, mas sendo categorizado como "espiritualista", sei reconhecer pontos positivos e negativos nas mais diversas religiões e filosofias. Falta união entre os libertários, entre os ancaps, e isso só ocorre numa cultura que tenha valores advindos de uma moral espiritual. "Ah mais tem moral no libertarianismo", tem moral, mas tem união? Não tem.

O libertarianismo é uma filosofia materialista, ele não trata de assuntos transcendentais, apenas o paleolibertarianismo trata, mas não, eu não sou paleolibertário.

Quando você tem uma crença transcendental, você passa a acreditar que seus atos devem ser vigiados por você mesmo, então você desenvolve valores como caridade e amor ao próximo, por que você sabe que dos seus atos surgirão recompensas ou "punições", além de também reconhecer que o próximo é seu irmão perante Deus. Não importa se você é ateu e nega a existência do transcendente, de um ponto de vista lógico você tem que concordar que uma pessoa que teme ser punida por uma força invisível por realizar atos como violação de propriedade é uma pessoa tão menos perigosa do que uma pessoa que pensa que estamos no mundo podendo fazer de tudo sem sofrermos as consequências (um niilista) por parte de uma força universal, uma pessoa que teme apenas a lei criada pelo homem: o Estado.

Tal pessoa, que só teme o Estado, poderá se unir ao Estado para conseguir agredir aos demais de forma legal. E aí?  Até mesmo entre bandidos existe uma moral. Por isso eu digo, se pessoa não tem um freio próprio, o Estado será uma realidade, sendo assim, podemos dizer também que o PNA não é o suficiente. Os únicos que respeitam o PNA são as pessoas normais, um psicopata sedento por poder não está nem aí para o PNA, ele vai sempre dar um jeito de usar de artifícios que burlem o contrato entre as partes, pra ele sair impune. Exemplo: Você tem um contrato com 3 pessoas, uma sociedade empresarial, todos são libertários, todos reconhecem o PNA, de repente um resolve violar a propriedade dos demais, pela lógica, os demais deve usar força o suficiente para pararem a agressão... ok, resolveram o problema. Agora vejamos uma outra situação: Ao invés de ir logo violando a propriedade alheia, o que o agressor vai fazer é levar todo mundo na conversa, fazendo promessas vazias, depois irá fraudar documentos, dentre outros atos, enfim, usará de toda forma de artifício para conseguir roubar os outros e sair impune. Quando os demais se derem conta, estarão sem nada. Acha que isso é impossível? A política está aí para exemplificar isso.

O que é a política se não um grupo de pessoas que faz uso de marketing e persuasão pra convencer um grupo maior a entregar-lhes suas liberdades individuais em troca de alguns agrados? E quando esse grupo maior se dá conta, já está escravizado. Todos os libertários sabem do valor das armas, sabem que políticos são psicopatas, sociopatas, narcisistas, borderlines, mas vejam quantos libertários caíram na conversa fiada do Bolsonaro de liberar as armas. "Urr durr, ele ta liberando as armas, então eu vou apoiar ele só por isso, não to a fim de viver no comunismo.", o Peter do canal ANCAP.SU foi uma das pessoas a dizer que ia apoiar o Bolsonaro sim e não estava nem aí para o que iriam pensar dele, pois ele estava com medo de viver no comunismo. Cadê o PNA nessas horas? Ele tinha um dos canais mais respeitados nesse meio, hoje ele está se tornando o próximo Rafael Lima.
Dos religiosos, os perigosos são apenas os legalistas, pois esses equivalem aos positivistas do Estado, o legalista é o cara que justifica matar em nome de Jesus (espero não haver nenhum gordinho bolsonarista lendo isso 👀). Espiritualidade é um caminho individual, não deve ser misturado com legalismo.

Agora se você for ateu e quiser permanecer ateu, tudo bem, para isso temos o budismo.
O budismo é uma filosofia focada no autodesenvolvimento, é uma forma de psicologia, e não uma religião. O budismo (o raiz, não as seitas que surgiram dele) possui 100% de comprovação científica. E sim, o budismo defende o direito de propriedade, ele não é uma filosofia pacifista. Embora te diga para não causar sofrimento aos outros e a você, os budistas claramente entendem que agressores devem ser parados, mesmo que seja necessário o uso da violência.

Um dos países mais budistas do mundo é o Japão, agora comparemos a taxa de homicídios no Japão com a taxa de homicídios no país mais católico do mundo: o Brasil:


Por que um país de forte influência budista é tão pacífico, mas um de forte influência católica não é?

Observe que não estou entrando no mérito do porte de armas. Sei sim que os japoneses pecam nesse quesito, mas ainda assim é um país com taxa de homicídios baixíssima, mas por quê?
Recentemente houve um caso de um japonês que ficou jogando o carro na frente de outro carro numa estrada, fazendo zigzag, o carro detrás parou, então o motorista do carro da frente desceu do carro, foi até o outro motorista e o agrediu. Aconteceu assim do nada. Aí você me diz "se o motorista de trás estivesse armado, isso não teria acontecido", claro, correto, mas sabe o que aconteceu depois?
Isso virou repercussão nacional. Sim, japoneses de todo o país ficaram altamente indignados com isso. Aqui a explicação do por que o porte de armas no Japão é proibido, mas ainda assim a taxa de homicídios é baixa: cultura.

Devo lembrar que não estou entrando no mérito do armamento, sou pró-armas sim, nem estou dizendo que o Japão é um país perfeito, livre de crimes, até por que a maior máfia do mundo é a japonesa, apenas estou falando do aspecto moral da coisa, aspecto moral esse que até mesmo a máfia japonesa adota e respeita.

Deu trabalho pra encontrar o vídeo, então por favor assista 😉:

O suspeito foi identificado, colocado numa lista de procurados nacionais e foi preso. Veja isso, uma "simples" agressão no trânsito é punida dessa forma. Por acaso o Japão é uma ditadura comunista agora? Não, isso vem de valores morais. Japoneses abominam essas atitudes. Se fosse até mesmo nos Estados Unidos, no máximo os estadunidenses estariam fazendo chacota comentando o caso.

O vídeo da prisão:

Esses policiais devem ter ficado realmente emocionados em realizar essa prisão, por que no aspecto da violência o Japão é realmente um tédio. Claro que seria ideal que o porte de armas fosse algo amplamente defendido pelos Japoneses (só por precaução), mas o que estou mostrando aqui é que mesmo num país pacifista, as coisas ainda podem funcionar se as pessoas seguirem um código de conduta apropriado. A conduta japonesa vem de uma cultura desenvolvida em cima de valores morais fortes, muitos deles budistas. Além disso, em boa parte da Ásia eles tem um conceito de individualismo diferente do ocidente. Eles se preocupam mais com o bem estar do indivíduo do que com que as demandas do grupo, por exemplo, no ocidente as pessoas se guiam muito pelo aspecto estético e isso causa problemas sociais de todos os tipos, discriminação contra indivíduos por eles não serem de uma determinada cor, credo, classe social, etc, isso leva a conflitos que posteriormente acabam gerando movimentos políticos democratas, o restante da história vocês já sabem, estamos hoje vivendo na era da lacração. Por outro lado, em boa parte da Ásia isso até existe, mas é irrelevante. Veja bem, um japonês vê uma pessoa não-asiática na rua e é normal ele não se importar com isso. No ocidente, dependendo de onde você estiver, as pessoas no mínimo olharão torto pra você. Esse comportamento vem do conceito do Chi, mesmo que a pessoa não acredite, isso está enraizado na cultura, no passado as pessoas acreditam que tudo estava conectado, logo, não justifica ser hostil com alguém só por causa das diferenças. Nessa forma de pensar, a pessoa vê o próximo como um ser humano, não como, por exemplo, um LGBT vs um Cristão, um latino vs um asiático, um rico vs um pobre.

Bem, acredito que consegui ser bem claro aqui. É preciso entender que o que leva ao socialismo é a inveja, o complexo de inferioridade, a esquizofrenia, a depressão, a ganância (não confundir com ambição), a falta de autoconsciência, a antipatia, enfim, todas as más características do Eu são as responsáveis pelo surgimento de sistemas como o Estado, pois se uma organização criminosa surge através do roubo, cresce e ainda se mantém, logo, o problema só pode estar nas massas que permitem que ela exista. As massas apoiando o Estado não são vítimas, são pessoas perdidas na ignorância, abrem mão de suas liberdades individuais por um pouco de conforto, depois sofrem nas mãos de psicopatas.

O que falta para o libertarianismo e no anarcocapitalismo para serem amplamente adotados é justamente esse aspecto que tem a ver com a engenharia interna, entender que antes das necessidades materiais devem vir as necessidades psicológicas, pois um indivíduo mentalmente conturbado é incapaz de adotar uma mentalidade capitalista, é incapaz de reconhecer a importância de se vencer na vida, a importância de se empreender para trazer soluções para os outros, é incapaz de defender a propriedade, liberdade e vida, so to speak.

Antes de tudo, preciso ressaltar que escrevo "Estado" com maiúscula por causa dos leigos, que podem ficar confundidos ao lerem com minúscula.

Tomem cuidado com o Peter Turguniev, liberal não é de confiança. Vejam o vídeo onde ele diz que a nota de 200 Reais não é sinal de inflação. Que a inflação já ocorreu faz tempo. Então por que estão imprimindo notas de 200 Reais agora? Qual a necessidade? Enfeitar?

Sempre que surge um assunto muito sério, ele passa um pano e diz que não é grande coisa, depois ele disfarça dizendo que os membros do Estado estão desesperados, pois estão perdendo poder.

Vocês já se perguntaram:
Quem é Peter Turguniev?
Será que Peter Turguniev não é mais um Rafael Lima?
Será que Peter Turguniev não é mais uma Joice Hasselmann?
Será que Peter não é mais um daqueles que são ou foram financiados "por fora" pra levarem o gado (atualmente o meio libertário) na maciota, ganhando tempo para o Estado (já que na democracia tempo é poder)?

Esse senhor tem-me uma forma de abordagem minimamente duvidosa. Sempre que as pessoas começam a apontar o dedo numa determinada direção, ele entra em cena e diz "Ah, isso não é nada, é isso aqui que está acontecendo", como se estivesse tentando desviar o foco.

Vejam a linha do tempo de 2013 pra cá: por acaso os políticos e os burocratas parecem desesperados pra você?

Digo isso por que desde meados de 2014 vejo todo o tipo de gente se dizer defensora da verdade, defensora da moral cristã, levantar bandeiras, debater ideias, e no final essas pessoas apenas tiraram proveito financeiro da situação ou entraram para a política. O mais engraçado é que as coisas funcionam em ciclos. No começo era a vez da direita, o "gigante" que acordou, aí veio o Ipeachment. O Impeachment não deu certo, depois veio a vez dos intervencionistas militares, agora os holofotes estavam neles, foram protestos e mais protestos, na frente dos quarteis, na paulista, em todo tipo de ambiente deserto, sempre aos domingos e feriados, e sempre protestos pacifistas, Lives e mais Lives de militares da reserva durando 3, 4 horas seguidas, conscientização em massa no Facebook, no Twitter, no Instagram, resultado: assim como os impichimistas, esses últimos compraram tempo para o Estado.

De repente os liberais ganham espaço, Amoedo pra cá e pra lá, de repente surge um "incidente" com o Bolsonaro e depois disso ele ganha as eleições. Agora é a vez dos libertários, o canal do Rafael Lima cresce, descobrem que ele é soça, o canal do Porto cresce, do Kogos cresce, do Peter cresce, outros canais crescem, máscaras caem: Paulo Kogos que um dia se declarava anarcocapitalista, agora é libertário bolsonarista (wut?), Porto arranja treta com MGTOW (Kogos também tinha arranjado), Peter Turguniev declara que vai votar em Bolsonaro sim e acabou (embora ele já venha dando sinais de ser meio soça faz tempo). É máscara caindo pra todo lado, máscara sendo arremessada, máscara sendo chutada, de repente estamos todos sendo forçados a usarmos máscaras!

Você por acaso está vendo o Estado acabando por causa da tecnologia descentralizada? Cara, a censura só está que aumenta, a desinformação também, desiludam disso de que o Estado vai acabar através da descentralização tecnológica, elas ajuda, mas ela sozinha não vai fazer nada. As pessoas precisam seguir um caminho espiritual legítimo (através de uma filosofia, não de uma religião) focado na evolução do indivíduo, como ocorre no panteísmo, como ocorre no yoga, como ocorre no cristianismo esotérico. Uma filosofia espiritual que não implique em brigar pra defende-la, e então podem unir isso aos conceitos de ética explicados pela Escola Austríaca de Economia, como a defesa do direito de propriedade através de armas. Não que eu esteja dizendo que as religiões não prestem pra nada. Os espíritas tem por princípio a caridade, a Igreja católica também é caridosa, ambos possuem uma filosofia admirável, e onde está o problema então? No fanatismo, na falta de questionamento.

Somente no dia em que as pessoas pararem de se digladiar por ideologias, credo e por qualquer outro assunto, é que o Estado automaticamente vai diminuir, mas não acredito que vá sumir, por que conflitos e gente ignorante sempre existirão, e o Estado se alimenta da ignorância de pessoas agressivas.


Não esperem que a tecnologia acabe com o Estado ou reduza o tamanho dele (sozinha), uma vez que a mesma é a principal ferramenta de lavagem cerebral utilizada por esses psicopatas. Vejamos as criptomoedas: As mesmas corretoras que surgiram como um alívio pra quem queria aprender como utilizar criptomoedas, hoje estão sendo ferradas pelo próprio gado, o gado está pedindo regulação em cima delas, até elas mesmas estão se dizendo coniventes com o Estado.

O Facebook a cada dia virando um antro comunista, já as redes sociais como a GAB e a MINDS descentralizadas são ambientes com liberdade de expressão, mas possuem baixíssimo tráfego, sendo a MINDS muito mais livre do que a GAB, mas pouquíssima gente a conhece, e tais redes sociais estão tendo pouco destaque por quê?
Por que o Google é o monopólio das buscas! Quantas pessoas utilizam outros mecanismos de buscas? Lá em 2005 a gente ainda utilizava o Yahoo, o Cadê, o Aol, o Buscapé, dentre outros, hoje a gente só usa o Google! A raiz de todo o mal da censura na internet está no corporativismo de empresas como Google e Facebook, por isso que a cada dia somos censurados cada vez mais.

As pessoas estão acomodadas demais, se quisermos que a tecnologia descentralizada quebre essa subcultura lacradora, precisamos voltar a cultuar princípios e valores morais dignos, precisamos incentivar o empreendedorismo, precisamos incentivar o desenvolvimento pessoal, precisamos incentivar a prática espiritual, seja lá qual credo a pessoa adotar, contanto que ela não encha o saco dos outros.

Será que vocês não enxergam? O problema não está nas ideias a serem defendidas, o problemas não está em seguir Fulano, Ciclano ou Deltrano: o problema está em nós. Podemos sim debater ideias, podemos sim ensinar praxeologia, podemos sim falar de ética e de moral, mas e quanto a nós mesmos? Nosso mundo interno? Por que nos preocupamos tanto em ensinarmos as pessoas a viverem, se nós mesmos não estamos fazendo a nossa faxina interna?

Não é preciso decorar 100 livros de libertarianismo pra entender que o Estado é uma organização criminosa. E aliás, o que os libertários querem? Não é serem deixados em paz? Tudo bem, mas como os libertários serão deixados em paz se eles se aprazem de uma filosofia materialista? Eu não tenho medo de falar:
A Igreja Católica 'foi uma verdadeira ditadura do pensamento, mas o que ocorre graças ao ateísmo e a lacração espiritualista é muito pior.

Por um lado você tem militantes que ridicularizam e atacam qualquer um que fale de espiritualidade, por outro lado você tem o grupo Glu Glu da Seita de Gaia que mistura política com espiritualismo.

A única coisa que deveriam ter feito era provar que espiritualidade é algo descentralizado, não era pra atacar o assunto "espiritualidade" ou pra transforma-lo em um meme. Deve-se expor apenas as mentiras e depois apontar o caminho para que a pessoa comece a se desenvolver e então se encontrar.

Você não precisa de uma Igreja ou da Bíblia pra provar pra você mesmo que Deus existe, embora a Igreja e a Bíblia tenham sim seus méritos. Toda doutrina religiosa no mundo deve ser usada apenas como caminho para agilizar a evolução de cada um, não deve ser utilizada da mesma forma que se utiliza uma ideologia. O ser humano é dotado de racionalidade, mas a partir da hora em que ele adota um extremo, seja esse extremo religioso, místico ou ateísta, ele se perde.

Estude sobre a filosofia do Novo Pensamento e sobre os princípios herméticos, isso te fará compreender essa realidade tal como ela é, você irá descobrir as mentiras tanto das religiões, quanto das ideologias e das mais diversas filosofias, mas é claro, isso é apenas um ponto de partida, o restante do trabalho você deve fazer dentro de você, depois você verá que toda essa briga atual (seja pelo motivo que for) é inútil.
Este artigo é uma resposta a uma pergunta feita no site Quora. Bom... primeiro tenho que deixar claro que eu fiz uma bela de uma confusão aqui. Eu estava tentando responder a uma resposta e pensando que estava respondendo a pergunta. Então vou postar os prints da resposta da pessoa, para que a minha resposta não fique fora de contexto:

Primeiro Screenshot

Segundo Screenshot


Existe uma resposta lógica muito boa pra isso, mas a maioria das pessoas não a aceita: Não existe almoço grátis. Salário mínimo é uma medida socialista que força o empresário a pagar um salário para o empregado independentemente da produtividade do empregado.

Imagine que você tem uma empresa e precisa contratar um funcionário, e já que você falou do kg do frango, vamos supor que seja uma granja, sabendo-se que você é obrigado pelo estado a pagar o salário do funcionário de qualquer jeito, você não vai querer sair no prejuízo, e então o que você faz?

Você joga a responsabilidade no funcionário que será contratado. Como?

Na hora de publicar a vaga de emprego você fará várias exigências, como experiência de 6 meses, ensino médio completo, carteira A e B (mesmo que não precise), dentre outros. Você irá dificultar de todas as formas o ingresso das pessoas na sua empresa, assim você se certifica que apenas pessoas responsáveis entrem.

Se você não fosse obrigado a pagar um salário mínimo, se você pudesse decidir o quanto pagar e como contratar, e mais, se fosse fácil abrir e manter uma empresa no Brasil, isso resultaria em competição de mercado acirrada, as empresas competiriam até por empregos.

Tal competição. a longo prazo, resultaria em um boom na economia, pois o mercado se auto-regula, assim as pessoas teriam salários justos, pois o salário de um indivíduo seria determinado de acordo com o valor que ele oferece para a empresa.

Quando se tem salário mínimo e outras dezenas de entraves estatais, tem-se miséria em todos os setores, e o preço final dos produtos e serviços sempre será repassado ao consumidor, pois há muito pouca liberdade econômica para se empreender, por isso o Kg do frango está tão caro onde você mora. :)